Ao longo do ano passado, a tecnologia vestível se tornou mais popular e os dispositivos que você pode colocar em seus pulsos, braços e rostos começaram a ganhar um público cada vez maior. Mas o que é um dispositivo wearable? Como eles funcionam?

Wearable e seu significado

Enquanto a pista sobre o significado está no nome, não conta a história inteira. A tecnologia Wearable é claramente um gadget que você usa, mas existem distinções importantes. Tecnologia Wearable não é um par de fones de ouvido, por exemplo, ou um relógio digital. Wearable, em português, significa vestível, uma pista para os curiosos entenderem melhor o que são esses dispositivos.

A nova era dos wearables toca na autoconexão. Eles estão carregados de sensores inteligentes e fazem uso de uma conexão na web, geralmente usando o Bluetooth para se conectar sem fio ao seu smartphone. Eles usam esses sensores para se conectarem a você como pessoa, e eles ajudam você a atingir metas, como permanecer em forma, em atividade, perder peso ou ser mais organizado.

Os usos para os wearables

A maioria dos wearables é usado no pulso, mas um número crescente pode ser colocado no corpo e pendurado ao redor do pescoço. Os vestíveis são rapidamente misturados com jóias e são usados ​​da mesma maneira. Relógios, anéis, pingentes. Você nomeia, há um wearable que pode existir na forma da peça que você quer.

Exemplos de wearables

Existem algumas categorias diferentes de wearables no momento. Alguns produtos conseguem se colocar em mais de uma categoria e alguns outros definem novas categorias por conta própria.

  • Smartwatches

Smartwatches são dispositivos com pulso que se conectam ao seu celular para atuar como janelas para sua vida digital. Dizer o tempo é simplesmente uma pequena tarefa desses relógios de pulso; Eles vão falar sobre as notificações de chamadas, mensagens e, geralmente, e-mail e mídias sociais também.

Wearables

Wearables são equipamentos eletrônicos “vestíveis”, ou seja, que você pode usar como uma peça ou acessório conectado ao seu corpo. (Foto: BetaNews)

  • Fitness trackers

Esses monitores de aptidão vem em todos os tipos de formas, tamanhos e níveis de sofisticação também. Geralmente usados ​​no pulso ou presos a um cinto, geralmente são pulseiras ou relógios de algum tipo que manterão a contagem dos exercícios que você faz a cada dia.

Relógios esportivos

Para aqueles tipos ativos que gostam de correr, andar de bicicleta, nadar e mais um relógio de esportes dedicado deve estar no topo de sua lista de desejos wearable. É diferente de um smartwatch porque seu propósito é apenas e somente para o uso durante a prática de esportes, e nem sempre tem um display ultramoderno como os smartwatches.

  • HMD

Se você quiser algum tipo de informação virtual entregue diretamente aos seus olhos, então uma exibição montada na cabeça (HMD – Head Mounted Display) é o que você precisará. Alguns são projetados para bloquear o resto do mundo, como Oculus Rift, e apresentar uma realidade virtual gerada por computador para enganar seu cérebro para pensar que está em outro lugar inteiramente.

  • Vestuário inteligente

A roupa inteligente é uma categoria bastante ampla, que engloba tanto as peças de vestuário com produtos eletrônicos, que os tornam mais interessantes ou na moda, bem como a roupa que essencialmente parece normal, mas abrange funcionalidades adicionais. Por exemplo, mochilas com painéis solares para carregar eletrônicos são um bom exemplo disso.

  • Jóias inteligentes

A jeia inteligente é voltada principalmente para as mulheres no momento, e o uso mais comum é notificar discretamente o usuário de textos, chamadas ou e-mails quando seu telefone está fora do alcance.

  • Implantáveis

Implantables ou implantáveis é um grupo de wearables que você vai transportar dentro do seu corpo. Estes são dispositivos presos cirurgicamente em algum lugar sob sua pele. Eles podem ser por razões médicas, como bombas de insulina, como método contraceptivo ou, por outro lado, você pode simplesmente gostar de colar alguns ímãs na ponta dos dedos.

O que os wearables ainda precisam melhorar?

Wearables estão ficando muito bons em nos monitorar. Eles podem gravar sua freqüência cardíaca, composição de gordura corporal, transpiração, saúde, temperatura e atividade muscular, apenas tocando sua pele, bem como movimento, distância e velocidade usando GPS, acelerômetros e giroscópios.

No entanto, uma fraqueza ainda está na interpretação dos resultados. A chave para essa interpretação reside em inúmeros de assuntos médicos, esportivos, fotográficos e todo tipo de outras opiniões profissionais para encontrar o tipo certo de software e algoritmos para extrair as tendências e os marcadores do que está acontecendo quando corremos, nadamos, jogamos futebol, fazemos escolhas alimentares e muito mais. São muitos dados que precisam ser cuidadosamente avaliados para montar um plano de ação eficiente.

Uma vez que eles conseguirem fazer isso, então esses wearables vão se tornar muito mais eficazes como treinadores e assistentes.

Você já usa um wearable? Qual? Como escolheu seu dispositivo?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)