Imagine um videogame em primeira pessoa onde você está correndo pelo ar e esquivando obstáculos. Perder até um décimo de segundo pode custar-lhe a corrida. Agora imagine que não é um jogo de videogame. Esta é a experiência de uma corrida de drones. Os pilotos de drones veem toda a ação da perspectiva do seu drone enquanto voam pelo ar acima de 100 km por hora. E isso acontece em lugares que antes eram fisicamente impossíveis de navegar. Conheça um pouco mais sobre esse novo esporte e como competir nele.

Corrida de drones no brasil: comece se informando

Comece fazendo pesquisas. Os canais do YouTube são ótimos recursos para iniciantes. Você também pode visitar um campo de voo local, conhecer os locais de voo em fóruns e grupos de discussão na internet e nas redes sociais, e começar a sair perguntando por aí. Se você tem amigos com quem você está competindo, você acaba ficando melhor mais rápido do que faria se estivesse apenas baseando nas experiências dos profissionais.

Preste especial atenção a qualquer coisa sobre voar com segurança. É fácil esquecer a segurança e simplesmente sair e voar em qualquer lugar. A compreensão dos parâmetros de voo seguros é crucial, e mesmo os profissionais vão enfatizar sua importância. Na verdade, os maiores erros cometidos por novatos incluem voar em áreas povoadas, ou voar muito longe antes de entender como controlar adequadamente um drone.

A pesquisa também é importante para gastar seu dinheiro com sabedoria. A maioria dos modelos de corrida são quadricópteros (quatro hélices) ou hexacópteros (seis hélices) e medem 250 milímetros ou menos entre as duas hélices mais afastadas umas das outras. Modelos também são comumente referidos pelo seu tamanho ou classe (250, 180, etc) e número de hélices. Mas isso é apenas o começo sobre equipamentos. Você vai querer pesquisar todas as suas opções antes de gastar um centavo que seja em um drone.

Corridas de drones

Corridas de drones são um esporte em crescimento, e cada vez mais pessoas estão se interessando por esse novíssimo e tecnológico esporte. (Foto: Best Drone for the Job)

Drone racing: comece pequeno

Depois de pesquisar, tenha experiência prática voando com os amigos, ou usando software de simulação. Existem excelentes opções gratuitas, e jogos que estão sendo lançados que são incríveis experiências. Se possível, voe com amigos experientes para que você possa ter um feedback interativo. Essa técnica de voo permite que você e um amigo conectem transmissores e portanto, se você tiver problemas, seu parceiro mais experiente poderá assumir os controles. Se você está procurando amigos para voar com você, fóruns, YouTube, revistas especializadas e grupos organizados em redes sociais são boas fontes de informações.

Quanto ao hardware em si, você deve investir em um quadricóptero pequeno, barato, e multirotor. Nem todos os modelos FPV são destinados à corrida, por isso, faça algumas pesquisas para encontrar um modelo adequado para as corridas. Você precisa de um quadricóptero ágil e não muito grande. Aprender este esporte envolve um monte de tentativa e erro, e é importante continuar voando até que você se sinta confortável.

Construa o seu próprio drone para competir

Construir um drone ajuda você a entender como o drone voa e se movimenta. Mais importante, ajuda a aprender a reparar o drone sempre que ele for danificado. Agora, eu recomendo começar muito pequeno com, um drone de 180 mm a 250 mm, porque quanto menor a aeronave, mais durável e menos dispendiosa será a reparação. No entanto, a indústria está mudando rapidamente, e cada dia mais opções estão disponíveis.

Comece por escolher um modelo popular e use peças comprovadas e testadas. Os fóruns são um ótimo recurso para encontrar configurações bem sucedidas.  O conselho dos especialistas é começar com modelos baratos e aprender um pouco sobre como construir e ajustar seu seu quadricóptero. Compre uma estrutura base recomendado e componentes recomendados. Os fóruns são uma grande fonte de conselhos. Monte, construa, e obtenha ajuda de um especialista para ajustá-lo.

Não tenha medo de cair ou bater com seu drone

Voar um drone é sinônimo de batidas, e os reparos são uma parte enorme do passatempo e competições de drones. Os acidentes irão ajudá-lo a aprender com seus erros, encontrar os limites de sua capacidade e encontrar a capacidade da seu drone. Além disso, quanto mais você falhar, melhor você se tornará em reparar seu avião. Não estamos te encorajando a bater. Só queremos expressar a importância de ultrapassar seus medos.

Comprar uma estrutura base que vai ser capaz de cair várias vezes e custar pouco para consertar. Quando você pode fazer isso, você pode voar menos conservadoramente e ser mais confiante sobre o seu voo, sabendo que você pode ir cada vez mais.

Não tenha medo de bater. Quanto menos medo você tem de quebrar algo, mais provável é que tente novas coisas. Quando você tentar coisas novas, você vai cometer erros, e aprender com seus erros é como você melhora.

Competir é o caminho para se aperfeiçoar

Competir empurra você para o próximo nível. Eventos de drone racing estão se tornando mais e mais comund, e há eventos para todos os diferentes tipos de níveis de habilidade.

É importante ter o equipamento que é durável e você está confortável em voar. Enquanto você corre mais e mais, você pode querer modificar seu drone. Eu recomendo fortemente apenas mudar um parâmetro de cada vez se você decidir por modificações. Isso ajudará com a solução de problemas se o desempenho piorar, pois você saberá exatamente qual parte é a culpado.

Encontre algo que funcione e uma vez que você colocar a peça funcionando bem, mantenha. Quando você ficar confortável com a peça, aí você pode começar a tentar modificações.

E você, já conheceu as corridas de drone? Que tal começar a competir nesse esporte do futuro?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)