A melhor parte de possuir um drone é pilotá-lo. Isso parece bastante óbvio, mas para alguns proprietários de drones, encontrar um local seguro e legal para voar acaba sendo mais difícil do que eles previam.

Muitos pilotos de drones acabam desapontados quando descobrem que as regulamentações locais proíbem os drones no parque em que planejavam praticar o voo, ou frustrados quando descobrem que o espaço aéreo próximo exige permissão especial antes de voar.

Como encontrar lugares para voar de drone?

Como você pode determinar se é legal voar em um determinado local? Com um pouco de pesquisa, não é difícil encontrar um lugar para voar. Recomendamos que você siga algumas etapas ao pesquisar locais para voar. Você também pode consultar fóruns e grupos em redes sociais para saber os melhores lugares onde as pessoas estão voando com seus drones.

Verifique a regulamentação federal para drones

A primeira coisa a entender sobre pilotar um drone no Brasil é que, de acordo com os regulamentos federais, você está operando de forma recreativa ou comercial.

Determine em qual categoria suas operações se enquadram e familiarize-se com o conjunto de regulamentos de coordenação. Se você pilota seu drone por diversão, como hobby, está voando por lazer. Se você usa a trabalho ou a negócios, está voando comercialmente.

Há também uma divisão de acordo com o tamanho e peso do drone, podendo ser necessária uma certificação para uso do mesmo. Fique familiarizado com essas classificações antes de esolher onde voar.

 Entenda o espaço aéreo do local em que você deseja voar

Depois de ter um local em mente para a operação do drone, você precisará descobrir em qual classe do espaço aéreo ela se encontra. Ferramentas como apps, mapas, e sites permitem visualizar a classe do espaço aéreo, basta inserir o nome ou o endereço de a localização.

Você precisará determinar se voará no espaço aéreo não controlado da Classe G ou no espaço aéreo controlado da Classe B, C, D ou E. Se você estiver no espaço aéreo não controlado da Classe G, não será necessária permissão para voo. Se você estiver no espaço aéreo das classes B, C, D ou E e voando comercialmente, precisará de autorização.

Além da classe de espaço aéreo, existem outros tipos de restrições de espaço aéreo que você deve conhecer. Isso inclui restrições em torno de:

Estádios e eventos esportivos: voos de drones geralmente são proibidos dentro de um raio de três milhas náuticas do estádio ou local, uma hora antes até uma hora após os principais eventos esportivos.

Aeroportos: os pilotos de recreio devem notificar o operador do aeroporto e a torre de controle de tráfego aéreo a voar dentro de 8 km do aeroporto. Os pilotos comerciais devem obter permissão   para voar em espaço aéreo controlado.

Operações de emergência e resgate: é proibido pilotar seu drone sobre qualquer operação de emergência ou resgate, incluindo incêndios e furacões.

Restrições sensíveis ao espaço aéreo de segurança: os drones são proibidos de sobrevoar instalações sensíveis à segurança nacional designadas, como bases militares, prisões, marcos nacionais, usinas de energia nuclear e outros tipos de infraestrutura crítica.

Espaço aéreo de uso restrito ou especial: o espaço aéreo de uso restrito ou de “uso especial” é para certas áreas em que drones e outras aeronaves não podem voar sem permissão especial ou onde as limitações devem ser impostas por várias razões.

Parques nacionais e estaduais: é geralmente ilegal lançar, pousar ou operar aeronaves não tripuladas em qualquer parque natural. Verifique as regras do parque antes do uso dos drones.

Voando de drone

Veja os melhores lugares para voar de drone para não desrespeitar as leis vigentes. (Foto: PCMag.com)

Verifique os regulamentos locais que podem afetar sua capacidade de voar

Você fez sua lição de casa no espaço aéreo, obteve a autorização necessária e notificou os aeroportos próximos – você tem certeza de que está pronto para a decolagem agora. Bem, não tão rápido.

Mesmo que a ANAC tenha plena jurisdição sobre o espaço aéreo, voar ainda pode causar problemas às autoridades locais e, em alguns casos, até ser preso por violar leis locais.

Mais leis estão sendo aprovadas em nível estadual e local em relação aos drones, resultando em leis municipais e leis municipais que podem restringir suas operações de drones além dos regulamentos federais. Se o local em que você pretende voar tiver um site, verifique se há alguma coisa mencionada sobre restrições de drones.

Se existir alguma regra local, você poderá encontrar o código da cidade, o código municipal ou as regras definidas pelo estadp. Outro recurso útil para pesquisar as leis locais sobre drones são grupos e fóruns que compartilham as regras estabelecidas.

Verifique restrições temporárias de voo

As restrições temporárias de voo (TFRs) limitam os voos com drones em determinadas áreas devido a:

Condições perigosas temporárias, como incêndio, furacão ou derramamento de produtos químicos

Um evento relacionado à segurança, como desfiles, encontros de líderes políticos ou religiosos, etc.

Outras situações especiais, como transporte de personalidades

Verifique antes de voar seu drone para confirmar essas informações.

Conheça bem as regras para não ter problemas com seus drones

Pode ser difícil identificar os vários regulamentos locais em todas as cidades, e é por isso que muitos grupos e fóruns compartilham essas informações constantemente

Nosso objetivo com este recurso é focar na pilotagem segura e legal de drones que seguem as diretrizes da ANAC. Fornecemos orientações sobre regulamentos para ajudá-lo a manter a conformidade com as regras federais e locais. Como não somos advogados de aviação, não é necessário dizer que você deve realizar pesquisas adicionais sobre a operação de drone pretendida e o espaço aéreo escolhido.

Compartilhe seu local favorito para pilotar um drone conosco nos comentários abaixo!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)