O surgimento do big data (grandes dados), que é um termo usado para descrever conjuntos de dados tão grandes que os aplicativos tradicionais de processamento de dados não são capazes de lidar, levou a uma necessidade crescente de profissionais qualificados que podem minar e interpretar os dados conjuntos necessários para ajudar as empresas a tomar melhores decisões estratégicas. Com grandes talentos nesse ramo em escassez, as empresas estão cada vez mais dispostas a pagar salários altos para trazer os conjuntos de habilidades certas, e postos de trabalho de cientistas de dados estão surgindo cada vez mais todos os dias.

Mas o que exatamente um cientista de dados faz? E quais habilidades você precisa para começar nessa carreira? Qual o salário inicial?

Cientista de dados: o que ele faz?

Um cientista de dados toma dados brutos e casa as informações com a análise para torná-los acessíveis e mais valiosos para uma organização. Para fazer isso, eles precisam de uma mistura única de habilidades: uma base sólida em matemática e algoritmos e uma boa compreensão dos comportamentos humanos, bem como o conhecimento da indústria em que estão trabalhando, para colocar suas descobertas no contexto. A partir daqui, eles podem desbloquear descobertas dos conjuntos de dados e começar a identificar tendências.

Os setores de finanças, varejo e comércio eletrônico estão liderando a carga na contratação de cientistas de dados para ajudá-los a entenderem melhor os diferentes grupos de públicos, além de direcionar produtos e ofertas específicas aos seus gostos. No entanto, também estão sendo realizados progressos em indústrias como telecomunicações, transportes e petróleo e gás, já que mais empresas dependem de grandes dados para tomar decisões que afetam suas vendas, operações e mão-de-obra.

Cientista de dados

O cientista de dados interpreta informações aparentemente sem nexo para tornar possível seu uso e aplicação prática. (Foto: RapidMiner)

Cientista de dados: habilidades e formação

Um candidato bem sucedido precisa de uma combinação dos seguintes:

Habilidades técnicas

As linguagens de programação mais comuns usadas em grandes aplicativos de dados são Java, Python, C # e R. Uma boa compreensão de alguns desses, portanto, será necessária para a maioria das posições de nível júnior. Em termos de bancos de dados grandes, houve crescimento significativo em Hadoop e MongoDB, então aprender isso o colocará em uma boa posição. Embora estas sejam algumas das tecnologias fundamentais, uma infinidade de ferramentas de nicho também estão sendo introduzidas no mercado todos os anos. Dependendo da sua experiência e interesses, você pode começar por escolher as áreas amplas, como bases de dados, ferramentas de modelagem analítica e de visualização e, em seguida, concentrar-se em uma ou duas principais linguagens e plataformas. Para papéis de alto nível, os empregadores procurarão um sólido conhecimento técnico e conhecimento profissional em uma variedade de habilidades técnicas.

Habilidades analíticas

Embora as habilidades técnicas sejam importantes, as habilidades analíticas são críticas para o seu sucesso como cientista de dados. Você precisa ter dados brutos e identificar objetivos rentáveis ​​de negócios, colocando essa análise em contexto para encontrar uma solução e apresentar recomendações para a equipe. A exposição a indústria também proporcioná uma vantagem adicional aqui, permitindo que você analise os problemas do mundo real.

Habilidades de apresentação

É claro que, se os resultados não puderem ser apresentados de volta às partes interessadas requeridas, não basta tomar o tempo para fazer a análise. Um cientista de dados bem sucedido irá entregar informações de forma eficaz, mas também vai ouvir os requisitos das partes interessadas e realmente entender qual o problema do negócio é afim de resolvê-lo.

O que esperar de uma entrevista para uma vaga de cientista de dados?

Um entrevistador estará à procura de indivíduos com um grande foco em dados e poderá dar-lhe exemplos de problemas para avaliar enquanto você pensa pés e apresenta soluções. Eles estarão procurando por como você usaria grandes tecnologias de dados para resolver os problemas. Embora as habilidades e a experiência sejam importantes, o entrevistador também irá analisar seus processos de pensamento e como você aborda cada situação para avaliar se você tem a mentalidade necessária para o papel.

O futuro da ciência dos dados

As tecnologias de banco de dados são onde muita inovação está ocorrendo, com bancos de dados tradicionais sendo substituídos por novas ofertas de grandes jogadores nos últimos anos. Com tanto foco nesta área, nunca houve um tempo melhor para ser um cientistas de dados.

Salário do cientista de dados

Por conta da alta demanda por esses profissionais e um mercado com uma baixa oferta de pessoas capacitadas, os salários iniciais são bem altos nessa carreira, começando com valores entre 5 e 6 salários mínimos e podendo ser até mais. Lá fora, os salários são ainda maiores, e as oportunidades de emprego não param de surgir.

Ficou alguma dúvida sobre essa profissão? Deixem nos comentários suas perguntas. Estamos aqui para ajudar!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)