A sustentabilidade no empreendedorismo é um modelo de negócio com uma causa que visa resolver problemas relacionados à agenda de sustentabilidade e também para criar sustentabilidade social e ambiental.

Dentro deste modelo, os problemas globais são transformados em oportunidades de negócios por pensadores que querem que suas idéias e planos sejam implantados no campo das inovações de sustentabilidade e do empreendedorismo.

Empreendedorismo e sustentabilidade

O empreendedor sustentável existe em três dimensões. Primeiro ele é orientado para “por que”, ou seja, o objetivo e motivo de tal empreendimento. O segundo e o terceiro refletem duas dimensões relacionadas ao “como”, ou seja, como será utilizado este modelo de negócio para resolver o problema XYZ.

O negocio sustentável e as inovações

O empreendedorismo sustentável busca conscientemente encontrar e / ou criar inovações para resolver problemas relacionados à sustentabilidade.

A missão consciente que orienta a ação, especialmente no estágio inicial de empreendedorismo antes de se aventurar em formas e formalizações em uma entidade empresarial institucionalizada, é deliberadamente encontrar soluções práticas e inovadoras para os problemas relacionados à agenda da sustentabilidade.

Empreendedorismo sustentável

O empreendedorismo sustentável tem um crescimento responsável e que contribui para uma maior responsabilidade social e ecológica. (Foto: virtual dataroom)

Empreendedorismo ambiental e sustentável exige organização e criatividade

Empreendedorismo sustentável significa obter soluções para o mercado através da organização criativa. É de fundamental importância assumir a agenda como desafios empreendedores – ver os problemas como possibilidades, obstáculos como oportunidades e resistência como um recurso, qualquer que seja a natureza da resistência. Se a solução é gerada pela criatividade, é igualmente importante levá-la ao mercado de forma criativa e inovadora.

Sustentabilidade e valor agregado

A sustentabilidade no processo agrega valor à sustentabilidade com respeito aos sistemas de suporte à vida. O plano é com respeito às necessidades das partes interessadas presentes e futuras, mantendo a visão de mundo holística e fazendo com que ela guie a ação (inter) diária A introdução de um negócio não é tão fácil quanto parece no papel.

Os sustentadores da terra têm a capacidade de ter sucesso diante de obstáculos assustadores, incorporando princípios que outras empresas podem ter negligenciado. É preciso superar recursos limitados improvisando muito, é a força motriz que se pode testemunhar em quase todas as ruas ou cantos, através das aplicações frenéticas realizadas pelo povo, olhando para as pessoas em vez de máquinas para soluções.

Como fazer o empreendedorismo sustentável?

Não é preciso que um negócio seja feito sustentável desde sua concepção para que se torne sustentável. Estratégias podem ser adotadas para tornar negócios existentes sustentáveis e, ao mesmo tempo, incentivar novas criações sustentáveis.

1. Faça com que grandes empresas estejam envolvidas

Ao conectar os empreendedores aos principais jogadores da indústria, são oferecidas oportunidades de interagir com uma rede de mentores, bem como oportunidades para testes completos de viabilidade de negócios. As corporações grandes se beneficiarão a longo prazo, pois as startups, pequenas e médias empresas as ajudarão a enfrentar novos desafios de negócios e também contribuirão para uma economia empreendedora cada vez mais diversificada, por meio da criação de empregos e do desenvolvimento de tecnologia.

2. Participação dos investidores

Chegou a hora de os investidores locais procurarem localmente antes de investirem seu dinheiro em grandes empresas ou se oferecerem para financiar startups em outros países. As empresas locais são, afinal, o que formará a base de uma economia sustentável e bem-sucedida. As empresas locais não apenas proporcionarão retornos lucrativos, como também manterão o dinheiro dos investidores circulando onde podem ver os benefícios que estão trazendo.

3. Educação comunitária

Esse processo pode ser ensinado reunindo líderes, pesquisadores, fundadores e profissionais de tecnologia para interagir com os aspirantes a empreendedores da região. Ao educar as pessoas em alfabetização digital e comercial, queremos permitir que a comunidade local não apenas estabeleça seus próprios empreendimentos, mas também seja mais eficaz na execução de qualquer projeto ao longo de suas carreiras. Com isso, nossa esperança é que a população em geral fique mais bem informada, e suas experiências resultantes instruirão as empresas sobre como acertar as coisas a fim de projetar a economia do futuro.

São os pioneiros da comunidade local que liderarão o caminho em uma abordagem “de baixo para cima”. Por mais que os líderes do governo possam infundir capital nesse espaço, a transformação não será efetivamente efetuada sem a comunidade de empreendedores existentes e aspirantes se apropriando. São seus projetos inovadores que aumentarão a economia; e esses empreendimentos ajudarão a construir a infra-estrutura para que novos negócios se expandam e impulsione ainda mais a economia local.

O que acham do empreendedorismo sustentável? Como acham que eles deve ser implementado?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)