Encontrar e restaurar serras de mão antigas pode ser extremamente agradável, acessível e bastante simples quando comparado a outras ferramentas manuais de marcenaria. Mas você pode também querer comprar suas serras manuais, mas quais seriam as melhores opções para escolher?

Abaixo, falaremos sobre diferentes tipos de serras manuais e serras específicas que você precisará comprar para começar na marcenaria ou carpintaria tradicional: serra rabo de andorinha (dovetail), serra de costas (carcass), serrote, serra manual, e serra manual de corte transversal. Também discutiremos outras serras manuais que você precisa considerar.

Serra de madeira manual: o que considerar antes de escolher?

Há três características de serra de mão que são importantes para entender: tipo de serra manual, forma do dente da serra e contagem de dentes da serra. Resumiremos brevemente estas características da serra de mão abaixo em detalhes para ajudar nas suas escolhas.

Tipos de serra para madeira manual

Dividimos a maioria das serras de madeira tradicionais em três categorias gerais: “Serras Manuais”, “Serras de Costa” e “Serras de Arco”. Abaixo resumimos cada um desses três tipos de serra.

Serras Manuais

Essas serras de mão possuem uma alça e uma fina placa de serra de metal flexível sem nenhuma parte traseira ou estrutura rígida. As serras de mão têm dentes maiores e geralmente são usadas para peças de madeira que precisam de corte rápido e bruto no comprimento ou largura. Estas serras de mão são fabricadas em grandes quantidades e são fáceis de encontrar e geralmente baratas..

Serras de Costa

Serrotes de costa possuem dentes finos e finas placas de metal e são usados para fazer cortes de madeira com precisão. Eles têm costas rígidas de latão ou aço para impedir que a chapa da serra se dobre, o que proporciona rigidez para cortes precisos de juntas de madeira. Quanto menores os dentes da serra, mais fino e preciso o corte. São tipicamente mais caras do que as serras normais.

Serras de Arco

As serras de arco usam tensão para apertar uma lâmina entre dois braços de serra. Quando usada com uma lâmina estreita, uma serra de arco funciona muito bem para cortar curvas (semelhante a uma serra de fita elétrica) e também pode ser usada para cortar madeira de forma bruta quando uma lâmina maior é adicionada. As serras de arco vem em todos os tipos de tamanhos, com pequenos dentes para trabalho fino e dentes grandes para desbaste.

Serras manuais

Diferentes serras manuais podem ajudar seu trabalho de diversas maneiras, tornando cortes muito mais precisos. (Foto: Hardware and Tools 4 U & me)

Dentes da serra manual para madeira

Lâminas de serra de mão são geralmente afiadas para duas configurações diferentes de dente, Semi-Deitado e Vertical. Você pode alterar a forma de qualquer dente de serra com ferramentas de afiação de serra. Há também uma configuração híbrida de dente de serra, mas essa pode não valer a pena ter como uma primeira serra.

Dentes Semi-Deitados

Serras de mão com dentes desse tipo cortam ao longo do comprimento do grão da tábua “rasgando” a madeira. O dente tem a forma de um cinzel de madeira e empurra a madeira como um cinzel.

Dentes Verticais

Serras de mão com dentes verticais cortam ao longo do grão (“corte transversal”). O dente tem a forma de uma lâmina de faca. Ele atravessa o grão da madeira como se você tivesse usado uma faca.

Contagem dos dentes da serra manual

O número de dentes de serra por polegada (ou pontos por polegada – ppi) é outro fator importante na seleção de uma serra de mão para uma finalidade específica. Os dentes de serra de mão grande cortam rapidamente pela madeira, mas deixam uma superfície áspera. Pequenos dentes de serra manuais cortam finamente e com precisão, mas não são práticos para cortar comprimentos ou larguras longas. Ao lidar com serras normais ou serras de estrutura, os dentes Semi-Deitados são tipicamente maiores que os dentes Verticais. Nas serras de costa, os dentes podem variar em tamanho. O número de dentes por polegada é normalmente expresso como “pontos por polegada” (ppi) ou “dentes por polegada” (tpi) e o número é normalmente gravado na placa da serra. No entanto, você pode alterar a contagem de dentes durante a afiação da serra.

Quais são as melhores marcas de serras manuais?

É difícil restringir todas as marcas para uma melhor serra manual. O negócio aqui é lembrar de algo importante: qualidade tem um preço. Se você está começando, não há motivos para comprar serras caras que provavelmente você usará errado e acabará danificando. Ao começar, compre serras mais baratas, simples, para aprender a manusear, afiar, e usar no dia a dia. Isso te dá mais margem para erros e te dá menos “dó” de errar com a serra.

Quais tipos de serras manuais comprar?

Esta é uma lista de serras de mão que deve ser a primeira serra de mão que você deve comprar para começar a usar ferramentas manuais tradicionais de madeira. Outros marceneiros podem ter prioridades e terminologia ligeiramente diferentes, mas isso é nossa perspectiva.

Compre uma serra de mão com dentes semi-deitados

Compre uma serra de corte transversal (dentes verticais0

Compre uma serra de costa (dovetail)

Compre uma serra de esquadria com uma caixa de mitre

Compre ou faça uma serra de arco de tamanho médio

Depois de comprar essas serras e ganhar um pouco mais de experiência com as serras, você pode comprar as seguintes serras.

Compre uma serra de arco grande

Compre uma serra compasso

Abaixo está uma lista de algumas serras especiais você deve comprar apenas quando tiver necessidade.

Serra de corte transversal de corte grande

Serra de corte nivelado

Serras japonesas

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários abaixo!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)