Aviões são veículos que evoluíram rapidamente ao longo do último século. Da madeira ao aço, e metais cada vez mais leves, os aviões evoluíram tanto em tecnologia quanto em velocidade. Mas qual a velocidade que um avião atinge hoje em dia?

Qual é a velocidade média de um avião?

Os aviões vem em todas as formas e tamanhos diferentes como por exemplo aviões de passageiros, aviões de hélice pequenos e aviões a jato. A visão geral a seguir mostra a velocidade média de vários aviões diferentes.

Avião pequeno: 200 km/h

Avião de passageiros: 1.000 km/h

Jato: 2.000 km/h

O que influencia a velocidade média de um avião comercial, de passageiros ou um jato?

O clima tem uma grande influência na velocidade média de um avião. Por exemplo, um avião voando com vento de cauda pode chegar a mais de 1.000 km/h, enquanto voar contra ventos fortes diminui a velocidade para uma média de apenas 600 km/h.

A velocidade no solo é auto-explicativa, é o tempo que você leva para cobrir uma certa distância sobre o solo. Quando na altitude de cruzeiro, os aviões podem ter uma velocidade no solo entre 300 (555 km/h) e 600 (1111 km/h) milhas náuticas por hora. Enquanto eles normalmente navegam na mesma velocidade, o vento pode fazer uma grande diferença na velocidade com que a aeronave passa sobre o solo. Um vento de cauda empurra a aeronave enquanto um vento de proa reduz a velocidade da aeronave.

A velocidade aerodinâmica tem algumas variações diferentes. Se uma aeronave está parada na pista e tem ventos de 32 km/h, a aeronave já tem uma velocidade de 32 km/h, apesar de não estar se movendo. Isso ocorre porque a velocidade do ar é uma medida da velocidade do ar sobre a asa. A velocidade do ar viajando sobre a asa determina quanto de sustentação a asa está produzindo, e é esse elevador que permite que a aeronave suporte seu próprio peso e permite que ela voe.

Se uma aeronave tem uma velocidade de decolagem de 225 km/hh, mas tem um vento de 32 km/h, a aeronave só precisará atingir uma velocidade de 193 km/h antes de ser capaz de decolar. Por outro lado, se uma aeronave tiver um vento de cauda de 32 km/h, ela precisará atingir uma velocidade de solo de 257 km/h para poder decolar do solo.

Os pilotos sempre fazem referência a sua velocidade no ar ao invés de velocidade no solo, pois é a velocidade que mantém a aeronave voando. A velocidade de solo é um subproduto. Na teoria, se você tivesse cerca de 225 km/h de vento a aeronave poderia decolar sem avançar.

Velocidade de aviões

Tipos diferentes de aviões voam em diferentes velocidades, mas são limitados pela tecnologia e pela própria física. (Foto: thewallpaper.co)

A velocidade média dos aviões aumentou ao longo dos anos?

Sim, a velocidade média dos aviões ainda está aumentando. Os avanços na tecnologia, em particular, asseguraram que as companhias aéreas possam continuar a aumentar a velocidade média de seus aviões. Para comparar: um avião de passageiros atual voa uma média de 1.000 km/ h, enquanto na década de 70 a velocidade média foi de 800 km/h.

Qual é a velocidade máxima de um avião?

Os aviões ainda não atingiram uma velocidade máxima, e novas tecnologias trazem aviões cada vez mais rápidos. No momento em que escrevemos este artigo, o avião-foguete X-15 é o avião tripulado mais rápido já construído. Este avião tem uma velocidade máxima de 6.437 km/h. O avião não tripulado mais rápido é o Falcon-HTV-2. Este avião foi desenvolvido para reagir rapidamente a ataques terroristas e pode atingir uma velocidade de mais de 20.000 km/h, o que significa que pode voar de Sydney para Londres dentro de uma hora.

A velocidade do som e os aviões

Quando as aeronaves chegam entre 25.000 e 30.000 pés, elas fazem referência a sua velocidade a um “Número Mach”. Isto é simplesmente uma porcentagem da velocidade do som. Por exemplo, um Mach de 0.80 é 80% da velocidade do som. Esta não é uma velocidade fixa, pois a velocidade do som varia com a temperatura do ar.

A velocidade do som ao nível do mar, com uma temperatura do ar de 15 graus Celsius, é de 761 milhas por hora (1224 km/h). Isso reduz para cerca de 660 milhas por hora (1062 km/h) a -57 graus Celsius quando a 36.000 pés.

Quando as aeronaves se aproximam da velocidade do som, ondas de choque começam a se formar, o que causa problemas aerodinâmicos. Aeronaves, portanto, tem um número máximo de mach que podem voar, e é por isso que esta se torna a velocidade de referência.

Ficou alguma dúvida? Conhece aviões mais rápidos? Compartilhem conosco o que você conhece nos comentários abaixo!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)