O que é dessalinização da água do mar? Vantagens e desvantagens!

Em Sustentabilidade por André M. Coelho

A dessalinização converte água salgada em água potável removendo sal e outros sólidos de água do mar ou salobra. Embora o processo de dessalinização já exista há séculos, as plantas de dessalinização que permitem o tratamento em larga escala da água não surgiram até a década de 1950. A capacidade das fábricas de dessalinização em todo o mundo só aumenta, mas não sem alguns desafios no caminho.

O que é dessalinização da água do mar?

Basicamente a dessalinização é a retirada do sal da água e o devido tratamento químico para que ela se torne própria para o consumo. Apesar de parecer um processo simples, na verdade, é bem mais complexo, pois envolve a retirada de minerais da água, o acréscimo de químicos para que ela se torne potável, e muito mais. Há várias técnicas para a dessalinização, e muitas outras estão surgindo com novas tecnologias, como o grafeno.

Vantagem da dessalinização da água do mar: fornece água potável acessível

As plantas de dessalinização podem fornecer água potável em áreas onde não existe abastecimento natural de água potável. Algumas ilhas obtêm quase toda a sua água potável através de plantas de dessalinização, e alguns desertos no mundo recebem até 70% de sua água fresca através do processo, como acontece na Arábia Saudita. Mesmo em países onde a água fresca é abundante, as plantas de dessalinização podem fornecer água em áreas mais secas ou em períodos de seca.

Desvantagem da dessalinização da água do mar: custos elevados para construir e operar

É muito caro construir e operar plantas de dessalinização. Dependendo da sua localização, a construção de uma fábrica de grande porte pode custar milhões a bilhões de dólares. Uma vez que as operações começam, as plantas requerem enormes quantidades de energia. Os custos de energia representam um terço à metade do custo total da produção de água dessalinizada. Como a energia é uma parte tão grande do custo total, o custo também é muito afetado pelas mudanças no preço da energia. Mesmo 1 centavo no aumento do custo do quilowatt-hora pode resultar em custos muito mais altos da água produzida.

Dessalinização da água do mar

Apesar da dessalinização da água do mar ser uma opção que muitos pensam ser possível, pode ser difícil tornar isso realidade devido aos altos custos e impacto. (Foto: YouTube)

Vantagem da dessalinização da água do mar: qualidade e proteção aos habitats

A água dessalinizada geralmente atende ou excede os padrões de qualidade da água. As plantas de dessalinização também podem reduzir a pressão sobre os suprimentos de água doce provenientes de áreas que precisam ser protegidas. Ao tratar a água do oceano em vez de remover a água de fontes que também podem ser habitats para espécies ameaçadas de extinção, esses importantes corpos de água doce podem ser preservados. Além disso, a percepção do oceano como fonte de abastecimento de água pode resultar em maior conscientização pública e uma consequente maior proteção dos oceanos.

Desvantagem da dessalinização da água do mar: impacto ambiental

Os impactos ambientais são outra desvantagem para as plantas dessalinizadoras. A eliminação do sal removido da água é um problema importante. Esta descarga, conhecida como salmoura, pode alterar a salinidade e reduzir a quantidade de oxigênio disponível na água no local, estressando ou matando animais nos níveis mais altos de sal. Além disso, o processo de dessalinização usa ou produz numerosos produtos químicos, incluindo cloro, dióxido de carbono, ácido clorídrico entre outros que podem ser prejudiciais em altas concentrações.

Conhece mais vantagens e desvantagens da dessalinização? Quais? Deixem nos comentários suas participações!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Engenheiro eletricista, André sempre foi interessado em novas tecnologias. Na primeira década dos anos 2000, atuou como consultor tecnológico em empresas, ajudando as empresas a escolherem as melhores tecnologias para suas necessidades. Desde então, continuou estudando o assunto e hoje compartilha o que aprendeu e continua aprendendo através do site Tecnologia É.

Deixe um comentário